terça-feira, 25 de agosto de 2015

No meu quintal, o Marais

Eis-me aqui pedindo desculpas pelo sumiço, mas estou de volta para dar continuidade aos posts das férias de 2014.   E agora: Paris e arredores. Fiquei no Studio que alugo no Marais e cada vez mais gosto de ficar neste bairro. A oferta cultural é ótima, Ópera Bastille a poucos metros, museus e galerias de Arte, restaurantes, fromageries, mercados, enfim tudo de bom, sem contar a facilidade de locomoção, a pé, ônibus ou metrô e um ponto de táxi, tudo pertinho da Rue Saint-Paul.
Uma das imagens bonitas deste bairro é a igreja de Saint-Paul-Saint-Louis. A Igreja foi construída no século XVII era chamada de  Saint-Louis-des-Jésuites, o estilo é inspirado no barroco italiano. Durante a Revolução foi saqueada e muitas obras de arte desapareceram. Na reabertura, em 1802, adotou o nome Saint-Paul-Saint-Louis,  como lembrança da antiga Paróquia de Saint-Paul que ficava na rua de mesmo nome, destruída em 1799.
Entre 2011 e 2012 a Igreja passou por uma bela restauração e agora podemos admirar sua  bela fachada e algumas obras de grande valor histórico.

 Visão da nave central e do altar-mor

 

As duas imagens acima representam simbolicamente a obra missionária dos jesuítas. A da esquerda faz referência à religião, segurando a cruz (símbolo do Cristianismo) e catequizando um índio. À direita, a figura chamada de "O Zelo ou o Anjo da Religião castigando a idolatria", o anjo chicoteia um pagão que está agarrado a um ídolo e o apresenta ao evangelho.  
O belo órgão na Tribuna
Certamente, não é uma igreja muito visitada pelos turistas. Afinal, todos querem ver a  Notre Dame. Porém, numa visita ao Marais não custa nada entrar e apreciar... 
O movimento na Rue Saint-Antoine ... ao fundo a Tour Saint-Jacques
A poucos metros do Studio que alugo fica a simpática Place du Marché-Sainte-Catherine. Acho essa pracinha um charme, super aconchegante, arborizada e cercada por bistrôs. E é aqui que eu almoço. A oferta é grande, passo em cada restaurante para ver os menus,  escolho um  que me agrada e peço uma mesa, em seguida uma taça de vinho e o tempo passa...
Os menus ficam expostos na entrada dos restaurantes...

E é assim que curto as férias... sem pressa, espectador da vida e do tempo... 

4 comentários:

  1. Estava com saudades. Agora quero ir para Paris!!!!! 😭

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cândida,
      Estou de volta! Paris é uma daquelas cidades que a gente não cansa de ir.
      Beijos

      Excluir
  2. Como foi bom flanar com você em Paris. Mês que vem faz um ano. Quantas saudades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dorotéa,
      Passou rápido né? Vamos repetir?
      Beijos

      Excluir

Curtiu a viagem? Então comente e deixei o blogueiro feliz!

Balcão de Perguntas

Nome

E-mail *

Mensagem *