segunda-feira, 18 de maio de 2009

Van Gogh Museum

(Os girassóis, 1889)

Sempre admirei o trabalho de Van Gogh, o colorido intenso das suas telas e o traço forte me conquistaram.
Já tive a oportunidade de ver alguns quadros que estão espalhados em diversos museus. Porém, nada se compara ao Van Gogh Museum, que permite ao visitante apreciar o maior acervo do mundo com as obras do artista. É uma grande satisfação, um momento único para quem gosta de arte. O museu ocupa dois prédios e é muito bem organizado. No primeiro andar encontramos uma vasta seleção de quadros de Van Gogh expostos cronologicamente, o que permite ter uma idéia da evolução da obra do artista. No segundo andar acontecem apresentações educativas dedicadas aos trabalhos de restauração e das obras em papel (desenhos). No terceiro andar uma seleção da coleção de arte do século XIX, fazendo um paralelo dessas obras com as de Van Gogh. Além disso, no térreo é possível ver obras de pintores contemporâneos e amigos de Van Gogh, como Gauguin, Millet, Anton Mauve, Charles Daubigny entre outros.

(entrada principal do museu)
Vincent Van Gogh
(1853-1890)

(Autorretrato com chapéu branco, 1887)
Vincent van Gogh é um dos artistas holandeses mais conhecidos de todos os tempos. Sua carreira de pintor durou apenas 10 anos, de 1880 até sua morte em 1890. Nesse período produziu o suficiente para uma vida inteira: 800 quadros e mais de 1000 desenhos, bem como uma considerável quantidade de aquarelas e litografias.
Autodidata, Vang Gogh aprendeu nos livros, nos cursos nas Academias de Belas Artes de Bruxelas e da Antuérpia, visitando museus e escutando os conselhos dos seus amigos artistas. ao longo dos anos desenvolveu um estilo único e pessoal, reconhecível no seu traçado e na utilização de cores claras e vivas que inspiraram vários artistas. Após sua morte, muitos ficaram fascinados pela sua obra, mas especialmente pela tragédia de uma vida marcada por paixões infelizes, falta de reconhecimento, a doença e o suicídio.

(O quarto de dormir, 1888)

Van Gogh e as cores da noite

Além da coleção permanente há sempre uma temporária, por isso de 13 de fevereiro até 07 de junho de 2009, o museu apresenta Van Gogh en de kleuren van de nacht (Van Gogh e as cores da noite). Nesta exposição estão reunidos os quadros que o artista pintou tendo como inspiração o entardecer e a noite.


A noite estrelada de St Remy é um dos destaques da exposição. Este quadro não pertence ao acervo do Van Gogh Museum. Se não estou enganado, o quadro é do acervo do MoMA, mas isso deixo para Claude e Ella confirmarem depois. Por não estar em Amsterdam é o que chama mais atenção na exposição. Todos ficam encantados. Dizem que o quadro inspirou Don McLeam a compor "Starry, starry night". Além disso, psicólogos fizeram várias interpretações deste quadro, sendo uma das mais famosas a seguinte: o cipreste representa o elemento masculino, as nuvens o elemento feminino e as estrelas seriam o sêmen. Eu não me atrevi a fazer a minha interpretação depois dessa...

(A noite estrelada de St Remy, 1889)



Foi uma visita maravilhosa que ocupou toda a parte da tarde. Talvez tenha ficado mais de 4 horas com Van Gogh, mas valeu cada instante. Eu posso dizer que ir à Amsterdam e não visitar o Van Gogh Museum é como ir à Paris e não visitar o Louvre, ir à Roma e não ver o Papa! Só ver essas obras de Van Gogh todas reunidas já vale a visita à Amsterdam, o resto é lucro...
Para fechar com chave de ouro, apresentação de um vídeo com muitos quadros de Van Gogh e a música "Starry, starry night" de Don McLean.

5 comentários:

  1. Você está certíssimo Jorge! Sair de Amsterdam sem visitar Van Gogh Museum , só se tiver ruim da cabeça.
    Menino que inveja de você, 4 horas? Eu tive azar de ir com meus filhos, aí já viu...
    Ele tinha acabado de ser reaberto e a fila era monstruosa.
    Lindo!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Lisa,
    Tente voltar para ver a exposição Van Gogh en de kleuren van de nacht, pois está maravilhosa.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Que lugar maravilhoso, Jorge. Quando tiver a chance de conhecer a cidade certamente aproveitarei sua dica.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Jorge, me emocionou o post e o vídeo...
    Você está de parabéns por sua sensibilidade e acuidade de informações...
    Um beijo
    Nilza F.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilza, vc vai adorar. E fotografe bastante! Agora deixam.

      Excluir

Curtiu a viagem? Então comente e deixei o blogueiro feliz!

Balcão de Perguntas

Nome

E-mail *

Mensagem *